domingo, 7 de junho de 2015

Cantar Pedro e Paulo Apostolo

SÃO PEDRO E SÃO PAULO APOSTOLO
Vermelho

"Pedro e Paulo, plantaram a Igreja, regando-a com seu sangue. Beberam do cálice do Senhor e se tornaram amigos de Deus."


Esta solenidade é muito importante para toda a vida cristã. Celebramos as duas colunas mestras de nossa Santa Igreja: Pedro o primeiro apóstolo e o primeiro papa.  São Paulo que de perseguidor de cristãos, converteu-se no maior seguidor de Nosso Senhor Jesus Cristo.
É importantíssimo salientar nesta celebração a imensidão da grandiosidade das duas colunas da Igreja: Pedro e Paulo.

Caríssimos grupos de canto:
- Pedro foi o responsável pela fé nas primícias da igreja. Jesus lhe deu o nome de Pedro, significando que sua vocação é ser pedra, rocha, para que sobre ele seja edificada a comunidade daqueles que aderem a Cristo na fé. Podemos dizer que Pedro é o príncipe dos apóstolos, e que deverá dar firmeza, rocha viva aos seus irmãos. “Por isso eu te digo que tu és Pedro e sobre esta pedra construirei a minha Igreja, e o poder do inferno nunca poderá vencê-la” (Mt 16,18). Pedro foi o pastor solícito, garantindo nossa fé católica e apostólica. Na pessoa de Pedro destaca-se o pastor da comunidade de fiéis, referência da fé para os irmãos.
 - Paulo foi o fundador e evangelizador por excelência da Igreja de Cristo. Sua vocação se manifesta na visão do Divino Redentor, no caminho de Damasco. De algoz, de perseguidor dos cristãos, transforma-se em mensageiro de Cristo, em apóstolo fiel. Paulo deu testemunha das maravilhas do Senhor Jesus até os confins de toda a terra. Suas cartas são verdadeiros planos e metas de pastoral que encantam a todos quantos, de maneira generosa e solícita, se colocam na escuta da Palavra de Deus e na vivência das verdades evangélicas. Paulo foi o missionário, o apóstolo das gentes, dos crentes e não crentes, que viaja peregrino formando comunidades e fazendo expandir a fé em todas as nações, vencendo as temeridades, clareando a ignorância, distraindo as perseguições, sem nunca se desanimar diante dos temores, um exemplo oportuno para a realidade em que vivemos: anunciar o Evangelho sem temor, destemidamente. “ Ide e levai o evangelho a toda criatura”
Pedro e Paulo na condução da fé: um novo Pedro como bom pastor que conhece e conduz as suas ovelhas e um destemido Paulo que dá testemunho e busca todos os meios para anunciar a Boa-nova de Cristo.
A Celebração de Pedro e Paulo é a celebração do  Papa. Volvemos nossos olhares e nossas preces ao Sumo Pontífice Papa Francisco, que no anúncio da fé católica e apostólica vem garantindo nossa fé e dando testemunho ao mundo do Senhor Ressuscitado. Assista ao Santo Padre as luzes do Espírito Santo, para que o Evangelho seja nossa meta de vida. Que o exemplo e o testemunho das colunas da Igreja nos leve ao final de nossa peregrinação cantar como São Paulo: “COMBATI O BOM COMBATE, TERMINEI A MINHA CARREIRA E PRESERVEI A FÉ” (2Tm 4,7). Amém!

SUGESTÕES DE CANTOS PARA ESTA CELEBRAÇÃO
Festas Liturgicas II - CNBB